Webinar 7

Palestrante:

Prof. Dr. Francisco Wellington Borges Gomes / CMPP - CCHL


Moderadora:

Profª. Drª. Vânia Soares Barbosa / CMPP - CCHL


Monitora:

Adelane Brito Rodrigues / CMPP - CCHL


Temática:

Estratégias para a Gamificação de ambientes virtuais de aprendizagem


Relevância:

Nos últimos anos, o uso de mecanismos virtuais de interação tem ganhado espaço nas práticas didáticas de professores nos mais variados níveis de ensino, indo da educação regular (Ensino Fundamental, Médio e Superior) a cursos livres em diversas áreas, não se limitando apenas à modalidade a distância, já que mesmo cursos presenciais tem incorporado ferramentas digitais em maior ou menor grau como uma forma de ampliar o acesso a materiais de ensino e aumentar as oportunidades de interação entre professores e alunos. Contudo, mesmo com esse crescimento, é fato que nem todos (professores, alunos e gestores educacionais) estão plenamente familiarizados com as possibilidades pedagógicas que podem ser oferecidas por meios virtuais de interação. Na UFPI, por exemplo, apesar do uso do SIGAA, ainda é possível constatar que uma parcela significativa dos professores utiliza apenas algumas ferramentas, tais como lançamento de notas e registro de aulas, deixando de lado outras atividades que podem oferecer experiências de interação e aprendizagem mais dinâmicas, mesmo como complemento para as atividades presenciais tradicionais.

Além disso, a recente crise sanitária mundial levou a uma migração da sala de aula, ainda que forçada, para os meios de comunicação e interação digitais. Isto tem demonstrado o esforço de muitos para promover oportunidades de aprendizagem, mesmo diante das adversidades e das dificuldades que tal migração representa, especialmente se considerarmos o contexto emergencial com que a implementação tem sido feita. Sem dúvida, esse movimento, embora positivo, também vem carregado de percepções negativas, já que é bastante comum que professores e alunos demonstrem incertezas sobre como podem utilizar essas ferramentas de modo adequado. Nesses casos, a experiência nos mostra que não é suficiente que professores aprendam apenas a manusear as diversas ferramentas tecnológicas disponíveis. É necessário, além disso, o fomento a uma reflexão crítica mais profunda a cerca de como os recursos tecnológicos podem ser inseridos com propósitos didáticos que atendam as necessidades das comunidades escolares de modo eficaz.

Nesse contexto, uma alternativa que pode ser usada para promover experiências de ensino mais dinâmicas e significativas é a adoção de estratégias de gamificação aplicadas à educação. A gamificação consiste na adoção da dinâmica de jogos, dentre elas o desafio, a motivação, a participação ativa dos envolvidos e de sistemas de recompensa, aplicados às mais diversas esferas do conhecimento, dentre elas o trabalho organizacional e o trabalho pedagógico.

Nesta oficina, a partir da discussão sobre conceitos e estratégias de gamificação, buscamos promover oportunidades de reflexão para que professores possam selecionar e preparar materiais didáticos voltados para potencializar a interação e a aprendizagem em ambientes virtuais, como o SIGAA, por exemplo. Para isso, propomos uma seção ao vivo, dialogada, por meio da plataforma Google Meet, na qual ocorra a troca de experiências entre palestrante e audiência. Entendemos que a troca de experiências provenientes desta atividade pode contribuir para que professores possam lidar de modo mais seguro com os desafios que envolvem a adoção de novas práticas didáticas, em especial as que envolvem os mecanismos digitais de interação e comunicação.